Eu penso, e eu não estou só. Reflito e calo. Sorrio, e eu não estou só. Eu choro, e eu não estou só. Viajo, e eu não estou só. Eu erro e aprendo. A água, o fogo, o ar e o pó, sou tudo, logo não estou só.


QUEM SOU EU

Romulo Alves, 17 anos. Eu sou o que eu penso, eu sou mais um ser mortal, eu sou humano o bastante para errar e ter duvidas sobre o que eu sou e sobre o que eu quero ser, mas também sou humano o bastante para tentar sempre reconhecer e corrigir os meus erros. Narcisista, esperto e simpático.

Me encontre:

Orkut Twitter Fotolog

O BLOG

Fiz esse blog para expor minhas idéias, conceitos e curiosidades. Sou um adolescente com um cérebro cheio de ideias e eu fiz esse blog para me expressar.

LINK-ME




HISTÓRICO


- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 25/04/2010 a 01/05/2010
- 28/02/2010 a 06/03/2010
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 11/10/2009 a 17/10/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009



VOTE


- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog

CONTADOR


FORMSPRING





Qual câmera escolher?

Por Rodrigo Jordy

 

"Essa é a parte que eu mais gosto, reparei que tô num vício de comprar câmera. Desde 2007 compro uma por ano e a de 2010 já comprei, preciso de um freio nisso. Tudo que eu vou falar aqui é baseado em opinião própria pois até bem pouco tempo revendia câmeras e sempre as testava então fui conhecendo a forma de trabalhar das principais marcas mas a preferência pela Canon veio bem antes disso.

   Existem vários itens que devem ser levados em conta na hora de comprar uma câmera além, é lógico, da marca. É preciso prestar atenção ao fabricante da lente, o quanto de resolução você precisa, quanto de zoom, se você quer usar muito macro, se vai precisar do visor óptico (que às vezes faz falta), se precisa de uma compacta simples, uma mais avançada com controles manuais ou uma DSLR (Digital Single Lens Reflex) que são as câmeras profissionais e semi, aquelas em que você pode trocar a lente e vai usar uma pra cada tipo de foto. Como o tipo de público que quero atingir não é o das DSLR vou focar apenas nas compactas.

Sony A350: Exemplo de câmera DSLR

 

Antes de prosseguir, aqui vai uma observação muito importante sobre as compactas avançadas, com controles manuais e superzoom: As câmeras que se encaixam nessa categoria como Panasonic FZ28 e FZ35, Canon SX1 e SX10, Fuji S1500 e S2000, Sony H50 e HX1 não são semiprofissionais! São chamadas também de prosumer e um adendo para a Nikon L100, apesar do seu formato robusto se assemelhando a uma prosumer não pode ser considerada como tal pois ela é totalmente automática, não possui controles manuais mas se torna uma ótima pra quem quer cliques fáceis e bastante zoom, eu a indicaria pra viagens.

 

Nikon L100: Parece prosumer mas...cadê os controles manuais?

As marcas mais populares aqui no Brasil são as Samsung, Sony e Kodak pois são as que tem mais mídia em cima e propaganda é a alma do negócio. São marcas confiáveis e com preço acessível mas não são fabricantes tradicionais de câmeras e, conseqüentemente, de lentes. A lente é o primeiro item a ser verificado se você quer fotos de qualidade mesmo que a câmera seja compacta e totalmente automática e os grandes fabricantes de lentes são Canon, Nikon, Olympus e Leica. Algumas das melhores câmeras da Kodak e Samsung são equipadas com ótimas lentes Schneider Kreuznach e a Sony com também ótimas Carl Zeiss, as mais simples dessas marcas tem lentes de fabricação própria.


   Aqui vai mais um pouquinho de opinião pessoal: A Leica está um degrau acima de todas as outras, é a melhor lente que já vi, as melhores câmeras da Panasonic usam esta lente e dá pra perceber uma maior fidelidade de cores mesmo nas compactas mais simples. Logo abaixo dela vem Canon, Nikkor (Nikon) e Zuiko (Olympus). É tudo opinião mesmo.

Panasonic FS62: Simples mas com a melhor lente do mercado
Após a escolha da marca se quiser uma câmera simples, uma compacta automática é hora de escolher o modelo e ser feliz, a gama de variedades é enorme:

Canon: Séries A e SD.
Fuji: Séries A, Z e J.
Kodak: Séries C e M.
Nikon: Séries L e S.
Olympus: Séries X, FE e Stylus.
Panasonic: Séries FS, ZS e TS.
Samsung: Séries ST, PL e ES.
Sony: Séries S, T e W.

Olympus FE5000: Exemplo de compacta automática
O que difere uma série de outra da mesma marca geralmente é o tipo de material usado, as mais caras são feitas com metal reforçado e as mais baratas em plástico bem resistente; se é alimentada por pilha ou bateria; e quantidade de zoom. Muitas dessas são superzoom com 10x ou 12x e muitas são recomendadas para macrofotografia com 1, 2 ou 3cm que são bem adequadas.
   Sobre usar pilha ou bateria, não dá pra dizer que uma é melhor que a outra, vai do gosto pessoal de cada um, use a que for mais conveniente a você, já que a duração de pilhas recarregáveis e baterias de lítio é praticamente a mesma.

   Hoje em dia já existem câmeras a prova d'água a preço bem acessível das marcas Fuji e Olympus, custam entre 400 e 800 reais e podem ser usadas geralmente a 3 metros de profundidade e quase sempre são também resistentes a choque, geralmente vem acrescidas das letras WP em seu nome como Olympus u550WP e Fuji Z33WP. Ótima opção pra quem tem criança e não quer deixar de registrar os momentos mais divertidos até debaixo d'água!

Fuji Z33WP: Opção boa e barata de câmera a prova d'água.

Na próxima postagem vou tentar falar das câmeras prosumer, as mais versáteis do mercado. Com elas dá pra se fazer quase tudo, fotos de todo o tipo e até vídeos em Full HD."


Acesse o Blog de Rodrigo Jordy, o autor deste post.

 



- Postado por: Romulo Alves às 15h47
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________